1 de agosto de 2017

Starbucks vende a rede de casas de chá Teavana

Dei aqui no blog "em primeira mão" quando o Starbucks comprou a rede Teavana, que era a maior rede de casas de chá com Estados Unidos, lá em 2012. E agora eis que temos a notícia de que vão fechar tudo.

Havia toda uma expectativa do que iria acontecer, e eles tiveram como objetivo tirar as lojas de dentro dos shoppings, como eram (só chá pra levar e pra comprar as folhas, sem mesas), e transformá-las em algo tipo o Starbucks mesmo, uma casa de chá onde você vai, escolhe entre diversos tipos de bebidas do cardápio (ou da parede de chás, onde estavam todos os chás, em latas), entre vários pratos disponíveis, com diversos atendentes, senta nas mesas/sofás e aproveita o wifi num ambiente climatizado.

Eu mesmo cheguei a visitar uma Teavana em Nova Iorque, bem linda toda, mas com o atendimento dificultoso, que me rendeu esquecerem de fazer o prato que eu havia pedido (daí tive que ir reclamar em inglês, já viu, né). E daí, só porque gostei, cito este trecho do meu texto de então: "E as chicken rice balls eram bem boas e nutritivas, mas servem sem faca, fica difícil você tentando ser chique na Madison Avenue tendo que cortar bolas densas de arroz com um garfo em cima de uma tabuinha."

São, portanto, 379 lojas que eles vão fechar até ano que vem. Não é pouca coisa, são 3.300 empregados.

Como eu li numa página do Facebook chamada Tea Around Town: "Chá não é uma indústria que favorece uma comunidade que não se importa com o que consomem. Chá é uma indústria de educação, de evolução de gostos e conhecimento, e é sobre pensar em ser saudável."



25 de janeiro de 2017

Provando: Amazonia Coco + Chá branco

Encontrei numa loja essa bebida da marca Amazonia, que se diz água de coco com chá branco. Peguei assim, porque queria tomar alguma coisa, na surpresa, sem ler a embalagem nem nada.



Na hora de tomar fui ler, então assim: o primeiro ingrediente é água. Só água mesmo. Por lei, os ingredientes têm que vir em ordem de quantidade, portando o que mais tem na bebida esta é água. Água normal.

Segundo e terceiro ingredientes: água de coco e chá branco. Hum, ok. O que vem a seguir? Sabores adicionados de água de coco e chá branco; aromas concentrados. Muito engraçado. Não tem a quantidade - e a qualidade - suficiente dos ingredientes originais pra dar gosto, eles botam um gosto que veio de laboratório.

Como não sabemos a porcentagem das coisas, não te duvido que tenha, digamos, 70% de água e o restante é que são os ingredientes do marketing e mais os gostos artificiais. Não sei, só imagino.



E o sabor, é bom? Olha, muito bom não é, mas também não é muito ruim. Uma coisa assim média, que nem a desculpa de ter nutrientes do coco e do chá tem, porque devem estar em quantidade pequena. Realmente, não vale a pena.

E tem açúcar também. Pelo menos, lhes digo, o açúcar não é um dos principais ingredientes. Muita coisa se vende por aí como "água de coco" que é uma água com açúcar sabor coco. Aqui este problema não temos, apesar ainda da sua presença.

Você veja que na imagem esta que eles divulgam (lá em cima do post), diz que é sem açúcar. Não percebi se a embalagem que eu comprei vinha dizendo isso (agora já botei fora), acredito que não, pois tem açúcar. Então parece que eles têm uma nova versão que é sem açúcar.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...